SPIDER – Como potenciar o framework SMART

SPIDER
Como potenciar o
framework SMART

Aprendi com um dos meus de mentores de Coaching e PNL, que há formas de melhorar a taxa de sucesso dos nossos objetivos SMART. Ele desenhou o framework SPIDER que é uma forma de acrescentar condições fortes para te manter no caminho.

O Que Quer Dizer Spider?

Então vamos lá. Já tens o teu objetivo desenhado de forma SMART. (se não sabes como funciona o framework SMART, explico como funciona neste artigo).

Desta forma, já podes ter uma ideia de que SPIDER é uma sigla, em que o S está com o SMART.

“P” de Partilhado

Agora, é altura de partilhares o teu objetivo!

Não vale ser como as resoluções de Ano Novo em que, pelo meio dos brindes se diz umas coisas para o ar. De certo que terás alguém a quem não gostarias mesmo de desiludir.

Sim, é com essa pessoa que vais partilhar o teu objetivo. Conta-lhe. Mas conta mesmo tudo. Explica como tens pensado o teu objetivo por cada letra do SMART.

“I” de Inspirador

O teu objetivo tem de te inspirar a alcançá-lo. Melhor ainda se conseguires que seja tão inspirador ao ponto de inspirares os que te rodeiam. Quando a tua mudança, ou o teu percurso até ao objetivo inspira outras pessoas para fazer o mesmo, ou para terem mais coragem, dá-te mais força para não desistires.

Tu não vais querer desapontar quem te vê como uma inspiração, certo?

“D” de Dor

Quando pensares no teu objetivo, dependendo do que te motiva mais, poderás te focar na DOR da qual queres fugir, ou te focar no PRAZER que queres alcançar.

Qualquer que seja a tua opção, sair da tua zona de conforto será certamente uma DOR, mas sem a qual nunca terás qualquer crescimento.

Pensa um pouco. Preferes fugir de uma dor ou aproximar de um prazer?

“E” de Emocional

Repara que estás a entrar por campos mais sensíveis, mais EMOCIONAIS.

Sim, o teu objetivo deverá ser tão poderoso que te deixa emocionado. Também aqui não é difícil, eu vejo este ponto com forte correlação com a fuga da dor/busca do prazer e a inspiração.

“R” de Revisitar

E para terminar, deverás REVISITAR o teu objetivo e efectuar as devidas reformulações necessárias. Lembra-te que o caminho não é linear e sem obstáculos. Tudo isso faz parte do processo.

Sê flexível, abraça o processo e não páres de andar !